Nuno B. M. Lumbrales escreve artigo de opinião no OJE (08-06-2010), sobre a crise e imparidades no sector imobiliário.

"É no entanto bom não esquecer que a contabilização de imparidades substanciais, podendo ter um impacto benéfico na «performance fiscal» de um sujeito passivo, ao diminuir o valor dos seus activos e assim constituir um prejuízo fiscalmente relevante, pode ter outros efeitos menos positivos para a sua situação financeira e para o evoluir dos seus negócios, designadamente dificultando-lhe o acesso ao crédito bancário (cada vez mais difícil de obter nos dias que correm ou, mais exactamente, que se arrastam e teimam em não passar), em função de uma menor capacidade do respectivo património para garantir responsabilidades bancárias ou outras similares."

Ver Artigo Completo

« Voltar
" />
O que há de melhor num advogado é que ele está lá quando não há mais ninguém.
Rolland Dumas, Advogado e Político francês, 1922-? (citação extraída de «Advocacia – As Melhores Citações», por Helena Resende da Silva, Edição de Maio de 2004, pág. 37)
Email

Senha de Acesso
Login

OJE - Crise e Imparidades no Sector Imobiliário

14 de Junho de 2010

Nuno B. M. Lumbrales escreve artigo de opinião no OJE (08-06-2010), sobre a crise e imparidades no sector imobiliário.

"É no entanto bom não esquecer que a contabilização de imparidades substanciais, podendo ter um impacto benéfico na «performance fiscal» de um sujeito passivo, ao diminuir o valor dos seus activos e assim constituir um prejuízo fiscalmente relevante, pode ter outros efeitos menos positivos para a sua situação financeira e para o evoluir dos seus negócios, designadamente dificultando-lhe o acesso ao crédito bancário (cada vez mais difícil de obter nos dias que correm ou, mais exactamente, que se arrastam e teimam em não passar), em função de uma menor capacidade do respectivo património para garantir responsabilidades bancárias ou outras similares."

Ver Artigo Completo

« Voltar